Manutenção preditiva com recurso à IA e à IoT - Aplicaciones Tecnológicas
manutencao-preditiva-o-que-e-e-como-aplica-la-gracas-a-tecnologia-de-detecao-inteligente

Manutenção preditiva: o que é e como aplicá-la graças à tecnologia de deteção inteligente

A manutenção preditiva é uma técnica que utiliza a análise de dados para detetar anomalias no funcionamento de equipamentos e processos. A manutenção de qualquer instalação é vital para o seu correto funcionamento e, consequentemente, para conseguir a eficiência operativa e económica de uma empresa, assim como para garantir a segurança laboral. A monitorização do sistema de terra com tecnologia inteligente realizada por Aplicaciones Tecnológicas baseia-se em sensores que recolhem dados e os enviam através de tecnologia IoT para que algoritmos de IA treinados possam detetar falhas antes que estas ocorram, poupando custos e minimizando riscos.

Todos os diferentes tipos de manutenção, desde a preventiva à corretiva, são realizados com o objetivo de conseguir um bom funcionamento para alcançar a eficiência operacional e económica em qualquer setor produtivo.

O investimento em manutenção evita custos de reparação que conduzem também a paragens de produção. Dispor de uma solução inteligente para determinar o momento exato de cada intervenção técnica de manutenção em ativos industriais estabelece uma vantagem competitiva fundamental ao reduzir significativamente o custo de uma reparação crítica e urgente, e também por evitar tempos de paragem.

As consequências de más práticas de manutenção ou de um investimento inadequado na função de manutenção são as seguintes

Redução da capacidade de produção. Não só o tempo de inatividade aumentará, mas, mais importante ainda, os ativos terão um desempenho inferior durante o tempo de atividade.

Aumento dos custos de produção. Quando os ativos não funcionam ao nível ótimo, incorrem-se em custos reais e de oportunidade.

Produtos e serviços de menor qualidade. A consequência final será a insatisfação do cliente e, provavelmente, a perda de vendas.

Riscos de segurança. As falhas podem provocar a morte, ferimentos e grandes perdas económicas.

O que é a manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é uma técnica que utiliza a análise de dados para detetar anomalias no funcionamento de equipamentos e processos. Estas anomalias são capazes de indicar potenciais defeitos que, se não forem corrigidos, podem conduzir a falhas. A manutenção preditiva é semelhante à análise preditiva, que é utilizada para antecipar eventos futuros. No caso da manutenção preditiva, o objetivo é antecipar a falha do equipamento ou do processo antes que ela ocorra

A Internet das Coisas (IoT) e os modelos de Inteligência Artificial (IA) desempenham um papel fundamental na manutenção preditiva. A IoT permite recolher dados de equipamentos e processos em tempo real e à distância. Estes dados são utilizados para efetuar análises preditivas e, consequentemente, para implementar a manutenção preditiva.

Manutenção preditiva no sistema de ligação à terra: IoT e IA para antecipar reparações

O sistema de ligação à terra é um elemento essencial das instalações elétricas e industriais. Em primeiro lugar, garante a proteção de pessoas e equipamentos contra perturbações elétricas, interferências eletromagnéticas (EMC), descargas eletrostáticas (ESD) e avarias. Além disso, facilita o desempenho adequado dos dispositivos de supressão e das medidas de proteção, tais como filtros de rede, protetores contra sobretensões (DPS), blindagens e para-raios. Isto reduz o risco de falhas e proporciona segurança em situações imprevistas.

A conceção e a implementação adequadas do sistema de ligação à terra são cruciais para evitar consequências negativas, tais como danos nos servidores informáticos e nos centros de processamento de dados (CPD), avarias de dispositivos e máquinas elétricas, problemas nos sistemas de energia e de telecomunicações, riscos associados a tensões de contacto e de passo perigosas, acidentes de trabalho, bem como custos adicionais de adaptação.

IOT: comunicação entre dispositivos para recolha de dados

A expressão ” Internet of Things ” refere-se à ligação e ao agrupamento de dispositivos e objetos através de uma rede, privada ou pública, como a Internet, permitindo que todos estes elementos sejam visíveis e interajam entre si.

A IoT permitiu o desenvolvimento de novas aplicações e serviços, como a automatização de casas e fábricas, a localização de veículos e a monitorização de doentes em tempo real, entre outras utilizações. Também conduziu a novas oportunidades de negócio e a uma maior eficiência em vários setores, incluindo a indústria.

IA: modelos treinados para antecipar reparações

O funcionamento dos modelos de Inteligência Artificial baseia-se na interpretação de grandes quantidades de dados. No entanto, estas unidades de informação, por si só, não têm qualquer utilidade se não forem processadas. O modelo tem de ser treinado para aprender a reconhecer padrões e relações na informação que recebe; tem de lhe ser fornecido um conjunto de dados rotulados que lhe permita compreender o resultado desejado. Isto significa que precisa de saber qual é a resposta correta para cada entrada, para ajustar os seus parâmetros, melhorar a sua precisão ao longo do tempo e interpretar esses dados de forma a fornecer informações úteis.

A aplicação de modelos de Inteligência Artificial (IA) à monitorização do elétrodo de terra permite não só controlar o estado do elétrodo de terra, mas também de todos os elementos a ele ligados. Isto possibilita, por exemplo, monitorizar de forma não vigiada o comportamento destes elementos para detetar anomalias no seu consumo que possam ser indicativas de um funcionamento incorreto. Desta forma, é possível resolver o problema, prevenir uma possível avaria e, consequentemente, obter uma poupança considerável nos custos que derivariam a posteriori de uma avaria; para além de não interromper o funcionamento de nenhum destes elementos.

Manutenção preditiva através da monitorização de um sistema de rede de terra

A abordagem 4.0 na execução e manutenção das redes de terra de Aplicaciones Tecnológicas S.A. utiliza tecnologia inteligente para conseguir a eficiência num elemento tão delicado para qualquer instalação elétrica.

SMART EARTHING MONITORING SYSTEM realiza a monitorização centralizada dos sistemas de ligação à terra através de sensores inteligentes distribuídos em pontos de controlo selecionados, avaliando o estado da instalação em intervalos regulares e programáveis, garantindo a segurança e a continuidade do serviço.

Desta forma, os riscos podem ser minimizados, evitando situações críticas como as que podem ser geradas por tensões de passo e de contacto em instalações que não são continuamente monitorizadas ou que não têm a manutenção devida.

A manutenção preditiva baseada em dados otimiza o tempo de vida dos ativos. Além disso, emite alertas em tempo real através da IoT para manutenção corretiva e é capaz de detetar roubo e vandalismo. Por último, isto resulta em poupança de custos, simplificando a logística dos processos de verificação e a deteção precoce de situações de falha dos ativos.

Se quiser saber mais sobre como as soluções inteligentes de Aplicaciones Tecnológicas S.A. podem contribuir para melhorar a manutenção, pode contactar-nos através do seguinte link.

Também pode assistir a qualquer uma das nossas formações gratuitas sobre soluções inteligentes através da nossa página de webinars.

Notícias relacionadas

Próximos cursos online gratuitos para profissionais: Mayo 2024

Próximos cursos online gratuitos para profissionais: Abril 2024

Sobretensões transitórias: o que são, que danos podem causar e tipos de protetores adequados

COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR