Sobretensões Transitórias - Aplicaciones Tecnológicas

Sobretensões Transitórias

Sobretensiones transitorias, Transient overvoltages, Surtensions transitoires, Sobretensões transitórias
null

Sobretensões Transitórias

A proteção interna contra o raio salvaguarda equipamentos elétricos e eletrónicos perante as sobretensões transitórias originadas pelos impulsos eletromagnéticos do raio.

Salvaguardar o equipamento ligado a linhas elétricas ou de dados contra descargas atmosféricas indiretas ou processos de comutação ou avarias.

  1. Aplicaciones Tecnológicas
  2. /
  3. Smart Lightning
  4. /
  5. Sobretensões Transitórias

Sobretensões transitórias e dispositivos de proteção.

As sobretensões transitórias são um aumento de voltagem de muito curta duração, medido entre dois condutores ou entre condutor e terra. Podem dever-se a descargas elétricas atmosféricas (raios) e a processos de comutação ou de avarias (contacto à terra ou curto-circuito). As mais destrutivas devem-se aos raios.

Os dispositivos de proteção devem responder instantaneamente, salvaguardando os equipamentos ligados às linhas de fornecimento elétrico e às linhas de dados. As normas de aplicação neste campo são a IEC 61643-11 e a IEC 61643-21

Como se introduzem as sobretensões nos equipamentos?

As linhas de fornecimento elétrico, as linhas telefónicas, de televisão ou de dados percorrem muitas vezes grandes distâncias fora de toda a envolvente protegida e ligam-se a equipamentos muito sensíveis. Esta condição fá-las especialmente recetivas às sobretensões que se transmitirão por condução a todos os equipamentos ligados.

Também há que dar especial atenção às linhas aéreas que ligam equipamentos sensíveis mesmo em envolventes protegidas, já que é provável que se possam induzir tensões perigosas. Em geral, é conveniente instalar proteção contra sobretensões em qualquer linha que entre ou saia de um edifício e que se ligue ou possa ligar a equipamentos sensíveis.

Por último, os efeitos do raio podem introduzir-se através da rede de terras, alterando a referência de tensão das massas de todos os equipamentos ligados a ela, ou da mesma linha de fornecimento elétrico.

Quando numa mesma localização existem várias construções, é comum que o risco se incremente uma vez que aumentam as interconexões.

null

A nossa gama de produtos de proteção contra sobretensão transitória

Guia de seleção

A fim de proteger corretamente qualquer instalação, publicámos um novo guia de proteção contra sobretensões que lhe permite selecionar, com apenas algumas perguntas, o modelo certo de protetor contra sobretensões.

  • Existe proteção proteção externa contra raios?

  • Linha elétrica suspensa ou enterrada

  • Ambiente doméstico ou industrial

  • Painel principal ou secundário

  • Linha monofásica ou trifásica

null
null

Proteção de linhas de fornecimento elétrico

Portanto, para numa correta proteção contra sobretensões é necessária uma proteção escalonada e coordenada, com várias etapas de proteção que atuem sequencialmente, de forma que sejam capazes, por um lado, suportar toda corrente do raio e, por outro, de deixar uma tensão residual não prejudicial para os equipamentos existentes quando se realiza o projeto ou que possam ser instaladas posteriormente.

Tipo 1

Os protectores contra sobretensões transitórias tipo 1 ensaiam-se com onda tipo raio de 10/350µs, simulando os efeitos da descarga direta do raio.

Tipo 2

Os protectores contra sobretensões transitórias tipo 2 ensaiam-se com onda tipo 8/20µs, simulando os efeitos secundários do raio.

Tipo 3

Os protectores contra sobretensões transitórias tipo 3 ensaiam-se com onda combinada de impulsos de tensão e correntes, simulando sobretensões já muito amortizadas.

Tipo 1+2

Os protectores contra sobretensões transitórias tipo 1+2 ensaiam-se com onda tipo raio de 10/350µs e 8/20µs, combinando a capacidade de absorver a corrente de raio e nível de tensão residual baixa.

Tipo 2+3

Os protectores contra sobretensões transitórias tipo 2+3 ensaiam-se com onda tipo 8/20µs e onda combinada de impulsos de tensão e correntes, deixando baixas tensões residuais.

Proteção de alimentação de equipamentos especiais

Les différentes séries de protection des lignes d’alimentation électrique sont focalisées sur l’alimentation par courant alternatif à différentes tensions. Toutefois, il existe de nombreux équipements dont l’alimentation électrique est effectuée à travers des équipements spéciaux, comme les batteries ou plaques solaires, avec des tensions de nature diverse (continue, de chocs, etc.) et avec un vaste éventail de caractéristiques différentes de courant, de fréquence, nombre de fils, etc.

Em muitos casos, este equipamento encontra-se em locais de difícil acesso, em zonas com trovoadas regulares e que desempenham funções muito importantes, tais como telecomunicações, vigilância florestal, monitorização ambiental, etc. A protecção deste equipamento evita não só a sua destruição, mas também a necessidade de viajar para o reparar e a interrupção dos serviços que executa.

null
Proteção de alimentação de equipamentos especiais

Protectores contra sobretensões transitórias para alimentação de equipamentos especiais de tensão contínua.

null

Proteção de linhas de telecomunicações e dados

As linhas de telefone e de dados são também caminhos habituais para que as sobretensões se introduzam nas estruturas afetando os equipamentos. Tal como as linhas de fornecimento elétrico, podem percorrer grandes distâncias e ligam-se aos equipamentos mais sensíveis. As linhas de telefone e dados conduzem habitualmente correntes muito pequenas e chegam aos componentes mais frágeis dos equipamentos.

As linhas de comunicação de dados ligam-se diretamente a circuitos integrados, componentes eletrónicos através das pistas finais dos circuitos impressos. As sobretensões podem causar danos graves nessas pistas e componentes, resultando na sua degradação ou destruição, afetando também os dados que armazenam. As linhas telefónicas, além dos terminais telefónicos, ligam-se também a equipamentos mais sensíveis e importantes, como centrais, fax’s ou modems dentro e fora dos computadores.

Além disso, cada vez é mais habitual que muitas máquinas
(autómatos, eletrodomésticos, etc.) entrem em serviço através da linha de dados (Domótica). A generalização da Internet leva ao desenho de todo tipo de dispositivos para controlar equipamentos eletrónicos desde distâncias remotas. Neste processo encontra-se frequentemente a multiplicação das interligações e da cablagem entre equipamentos, estando às vezes estes em edifícios distintos com redes de terra não comuns. Isto leva a um aumento da possibilidade de que as sobretensões se introduzam nos equipamentos, causando grandes perdas económicas não só pelo dano dos equipamentos, mas também pelo atraso ou anulação dos processos que estes deviam realizar.

Telefones

Protectores contra sobretensões transitórias para líneas telefónicas analógicas, ADSL e RDIS com parafusos, RJ, R&M e Krone conectores.

Informática

Protectores contra sobretensões transitórias para líneas informáticas com cablagem de categoria 5e, 6 e POE.

Dados

Protectores contra sobretensões transitórias para líneas informáticas com cablagem de categoria 5e, 6 e POE.

Coaxial

Protectores contra sobretensões transitórias para líneas coaxial com conectores TV, F, BNC, N UHF e 7/16.

Noticias relacionadas

Sobretensões transitórias: o que são, que danos podem causar e tipos de protetores adequados

Sobretensões transitórias: como proteger a iluminação LED

Próximos cursos online gratuitos para profissionais: Outubro 2022

Como funciona um protetor contra sobretensões transitórias

Contacto

SOBRETENSÕES TRANSITÓRIAS



    Quero entrar em contacto com um especialista.

    Desejo receber as informações e novidades de Aplicaciones Tecnológicas.


    COMECE A DIGITAR E PRESSIONE ENTER PARA PESQUISAR