Novo guía de proteção contra sobretensões

Uma sobretensão é um aumento de voltagem na rede elétrica, medido entre dois condutores, que pode produzir danos na instalação e nos equipamentos elétricos. Pode ser de dois tipos: transitória e permanente.

As sobretensões transitórias são aumentos de voltagem, de muito curta duração, medidos entre dois condutores, ou entre condutor e terra. Pode dever-se a descargas elétricas atmosféricas (raios) ou a processos de comutação ou de avarias (contacto à terra ou curto-circuito).

As sobretensões permanentes, temporais ou contínuas são aumentos de tensão acima de 20 por cento do valor nominal da rede de distribuição que se mantêm durante vários ciclos ou de forma permanente. Devem-se à descompensação das fases, normalmente causada pela rotura do neutro, defeitos na conexão do condutor neutro ou falhas nos centros de transformação.

Novo guía de proteção contra sobretensões

As linhas de fornecimento elétrico, as linhas telefónicas, de televisão ou dados, percorrem frequentemente grandes distâncias fora da zona protegida e ligam-se a equipamentos muito sensíveis. Esta condição torna-as especialmente recetivas às sobretensões que se transmitem por condução a todos os equipamentos ligados.

Para proteger corretamente qualquer instalação publicamos um novo guia de sobretensões que permite selecionar, com poucas perguntas, o modelo adequado de protetor contra sobretensões.

Este guia contém 3 partes:

  • Seleção de protetores contra sobretensões transitórias para linhas de fornecimento elétrico.
  • Seleção de protetores contra sobretensões permanentes.
  • Seleção de protetores contra sobretensões transitórias para linhas telefónicas e de dados.

Para eleger o protetor adequado contra sobretensões transitórias em linhas de fornecimento elétrico é necessário responder a 5 perguntas:

  • Existe proteção externa contra o raio?
  • Linhas de ligação aérea ou enterrada
  • Envolvente doméstica ou industrial
  • Quadro principal ou secundário
  • Linha monofásica e trifásica

A seleção do protetor adequado contra sobretensões permanentes requer apenas a resposta a 4 perguntas:

  • Inclui proteção contra sobretensões transitórias?
  • Inclui elemento de corte?
  • Proteção como ou sem rearme automático
  • Linha monofásica ou trifásica

Por último, para selecionar o protetor adequado contra sobretensões transitórias em linhas de dados, têm que se selecionar as seguintes características:

  • Tipo de linhas: telefónica, de dados, informática ou coaxial.
  • Tipo de conector: RJ45, RJ11, parafuso, KRONE, DB9 ou coaxial (F, BNC, N, etc.)
  • Velocidade de linhas: CAT5E, CAT6 ou POE.

Para descarregar o novo guia clique aqui.

Se desejar mais informação sobre os nossos produtos pode consultar aqui.