Porque utilizar a soldadura aluminotérmica Apliweld® em vez de qualquer outra união mecânica?

As uniões mecânicas bem executadas com ligadores e abraçadeiras cumpre as condições de uma boa conexão. Ou seja, são capazes de suportar e conduzir de forma efetiva à terra as descargas elétricas originadas por um raio.

No entanto, apesar de todos os esforços operacionais, por vezes a idoneidade destas conexões é difícil de determinar, pelo menos de forma visual. Em primeiro lugar, as uniões de aperto mecânico dependem da habilidade e paciência do utilizador no momento do referido aperto dos vários parafusos que pode ter a união. Esta tarefa, à priori simples porem monótona e repetitiva quando se trata de grandes instalações, é bastante suscetível de sofrer as consequências de falha humana. O pior é que qualquer erro é difícil de detetar até que se façam medidas da resistência total da instalação.

Além do mais deve-se ter em conta a manutenção. Mesmo numa conexão mecânica bem executada, impurezas, pequenas descargas ou corrosão, podem reduzir a sua qualidade com o passar do tempo.

Uma forma de resolver esta situação é alterando o sistema de união mecânica para uma soldadura aluminotérmica com Apliweld®, que oferece maiores garantias, mesmo com o passar do tempo, tanto de execução como de comprovação da mesma.

A principal diferença é que ao contrário das uniões com ligadores, a soldadura é uma união molecular irreversível e por tanto, sofre uma transformação química sem retorno, onde as tensões ao longo de toda a longitude da união são uniformes. O material das pastilhas é composto de cobre, logo, possui as propriedades deste.

Se considerarmos as propriedades elétricas dos condutores, há que ter em conta que: 1. existe sempre uma relativa separação entre as partes a conectar (“não há química” entre elas) e 2. a pureza dos condutores pode ser muito variável e afetar negativamente à conexão.

Em conclusão, podemos dizer que as ligações por soldadura exotérmica em relação às uniões mecânicas tem igual ou melhor condutividade, não aumentam a sua resistência, não corroem nem oxidam, são mais resistentes à rotura e à pressão mecânica porque o material formado mantem contantes mais tempo os seus valores elétricos e mecânicos e, este valores são iguais ou melhores, inclusive do que os dos próprios condutores.

Como garantia adicional, o sistema Apliweld® soldadura aluminotérmica (também designada de soldadura exotérmica) desenvolvido por Aplicaciones Tecnológicas, superou todos os requisitos da UL467, norma que se aplica à qualidade deste tipo de ligações, obtendo assim o certificado UL correspondente.