Proteção externa: para-raios

O raio é um dos fenómenos mais destrutivos da natureza. Não existe nenhum dispositivo capaz de evitar a formação de raios, mas é possível minimizar os seus efeitos mediante um sistema de proteção contra o raio.

O para-raios é a peça essencial do sistema de proteção contra o raio. Deve ser o ponto de impacto controlado de uma descarga, de forma que proporcione à corrente do raio um caminho à terra sem danificar a estrutura protegida.

Os elementos que compõem um sistema integral de proteção contra o raio são os seguintes pontos:

  • Sistema de captação (para-raios com dispositivo de ionização (PDI) ou pontas Franklin e malhas).
  • Condutores de baixada
  • Rede de terras.
  • Proteção contra sobretensões.
  • Outras medidas que minimizem os efeitos destrutivos do raio (uniões equipotenciais, blindagens, etc.)

Os para-raios com dispositivo de ionização (PDI) são caracterizados por emitirem um traçador ascendente contínuo perante qualquer outro objeto dentro do seu raio de proteção. Os para-raios de Aplicaciones Tecnológicas DAT CONTROLER® REMOTE superaram todos os ensaios segundo a norma e dispõe das mais altas garantias de funcionamento:

  • Certificado de raio de proteção e cumprimento de norma
  • Certificação de produto AENOR Nº 058/000005
  • Certificado de corrente suportada 20 impactos 200 kA e 5 impactos 250 kA (10/350µs)
  • Certificado de funcionamento em condições de chuva
  • Comprovação de funcionamento a partir de qualquer local via GSM

A proteção mediante pontas Franklin e malhas consiste em repartir e dissipar a corrente de descarga de raio por uma rede de condutores de baixa e terras. A instalação, as secções e materiais devem cumprir com o estabelecido nas normas que definem este tipo de sistemas (series IEC 62305, IEC 62561).

Os condutores de baixada têm como objetivo conduzir à terra a corrente do raio procedente do sistema de captação até à rede de terra.

Por último, a rede de terra, que conduz e dispersa a corrente do raio no terreno.

Estas medidas, juntamente com as uniões equipotenciais, evitam danos físicos nas estruturas.

Porém os efeitos do raio podem entrar também pelas linhas de serviços. Para evitar danos no interior dos equipamentos elétricos e eletrónicos, são necessários protetores contra sobretensões.

Certificação AENOR RP 058.02

Certificado de produto conforme a marca N de AENOR segundo o Regulamente particular de Certificação de AENOR RP 058.02 para para-raios com dispositivo de ionização (PDI).

Peça mais informações

Quero entrar em contacto com um especialista.

Desejo receber as informações e novidades de Aplicaciones Tecnológicas.