33 por cento dos acidentes em tanques de armazenamento do setor Óleo & Gás poderiam ser evitados

Estima-se que aproximadamente seis milhões de pessoas trabalhem no setor de Óleo & Gás. Em muitos casos, estes trabalhos caracterizam-se por se situarem em zonas isoladas e distantes das cidades, já que se tratam de atividades onde se operam materiais perigosos: gases e líquidos inflamáveis armazenados em grandes quantidades.

A indústria petroquímica, ainda nos dias de hoje, sofre graves acidentes com grandes consequências como perda de vidas humanas, desastres meio-ambientais e elevados custos económicos.

A cada ano, em diferentes países, produzem-se acidentes em petroquímicas provocados pelo impacto de um raio, acidentes dos quais fazem noticia nos meios de comunicação nacionais e internacionais. Calcula-se que as perdas económicas destes acidentes rondem entre os $10.000.000 e $420.000.000 em cada acidente, segundo a envergadura da instalação acidentada.

Os complexos petrolíferos e as refinarias são grandes infraestruturas distantes de qualquer edifício e localizadas em grandes espaços abertos, o que faz com que sejam especialmente suscetíveis a serem impactados pela queda de um raio. Estas circunstâncias, unidas à elevada inflamabilidade dos produtos armazenados em depósitos e tanques de grande envergadura, provoca consideráveis riscos de explosão e incêndio.

Segundo estudos recentes (James I. Changa, Cheng-Chung Linb, 2005), 33% dos acidentes em tanques petrolíferos são provocados pela queda de um raio. Estes acidentes poderiam ser evitados com as medidas de prevenção e proteção adequadas.

Proteção preventiva para evitar acidentes no setor petroquímico

As instalações da indústria petroquímica, onde se armazenam e manipulam produtos inflamáveis, devem contar com sistemas de proteção contra o raio (proteção externa) de alta tecnologia como Dat Controler® Remote de Aplicaciones Tecnológicas.

De forma conjunta, é necessário contar com mecanismos e protocolos de proteção preventiva para maximizar a segurança e evitar acidentes. A proteção preventiva não substitui a proteção externa nem interna, é apenas um complemento para evitar os riscos de tantos acidentes nos processos químicos.

Paragem na produção para evitar acidentes durante operações na indústria petroquímica

Algumas operações que se levam a cabo no manejamento de hidrocarbonetos implicam um risco em caso de queda de raio, devido às atmosferas inflamáveis onde se desenvolvem. Isto acontece especialmente naquelas atividades relacionadas com a transfega de material inflamável durante tarefas de distribuição e logística de produtos petroquímicos, já que o raio é uma potente fonte de ignição.

Quando é necessário por motivos de segurança, realizam-se paragens de atividade durante o tempo que dura o alerta de queda de raio. Neste sentido, é muito importante que as paragens de atividade se realizem de maneira eficiente, ou seja, unicamente durante o tempo em que existe um risco real e queda de raio, independente do aspeto do céu.

Outras ações de proteção preventiva a realizar em caso de risco de queda de raio em instalações petroquímicas

Proteger os trabalhadores do setor de Óleo & Gás é uma prioridade e um dos maiores reptos da indústria. Neste sentido, quando existe risco de tempestade elétrica, é obrigação dos responsáveis de segurança laboral evacuar os colaboradores que se encontram a desempenhar as suas tarefas nas áreas a céu aberto. 

As ferramentas de prevenção permitem determinar quando é o momento indicado para ativar os alertas e colocar em marcha os protocolos de segurança estabelecidos em cada situação. Neste sentido, permite prevenir e antecipar os departamentos encarregados da proteção, como por exemplo, as brigadas anti-incêndio.

Por outro lado, os componentes eletrónicos são muito sensíveis às sobretensões provocadas pela queda de raio. É então mais benéfico saber com antecedência quando poderiam acontecer estas sobretensões para que, com tempo suficiente, se desconectem os equipamentos que possam ficar danificados ou se coloquem em marcha alternativas.

Soluções de proteção e prevenção contra o raio na indústria petroquímica

A experiência de Aplicaciones Tecnológicas no setor petroquímico compreende desde proteção externa, proteção interna, deteção e prevenção.

Proteção externa contra o raio

Uma instalação petroquímica, sempre que as suas características o permitam, requer um sistema de para-raios com dispositivo de ionização que proteja de danos físicos as estruturas e as pessoas por tensões de passo ou contacto.

O sistema Dat Controler® Remote permite, graças ao sistema de dispositivo de ionização, uma área de proteção mais ampla. A tecnologia do dispositivo dispõe de um sistema de check-up do equipamento de forma remota, sem necessidade de aceder à instalação do para-raios para comprovar o seu correto funcionamento.

Soluções de proteção e prevenção contra o raio na indústria petroquímica

Proteção preventiva: deteção local prévia de trovoadas

De forma conjunta, com o objetivo de ampliar a proteção da instalação e dos trabalhadores, recomenda-se instalar um sistema de deteção de trovoadas elétricas com sensor do campo eletrostático e eletromagnético. A ação combinada de ambos os sensores é a que permite medições e alertas realistas, otimizando os tempos de advertência.

Neste sentido, o sistema especialista local de alerta prévia para a prevenção de riscos de tempestades elétricas ATSTORM®  permite um aumento na segurança, uma redução no risco de acidentes, uma melhoria na prevenção de riscos laborais e redução de custos ao conseguir deter as operações necessárias por motivos de segurança apenas durante o tempo necessário.

O detetor de trovoadas ATSTORM® é dotado de painéis solares, pelo que é um dispositivo completamente autónomo que não requer energia externa. Como acontece com o Dat Controler Remote, dispõe de um serviço de monitorização contínua e manutenção remota.

Proteção preventiva para evitar acidentes no setor Óleo e Gás

Para mais informações sobre soluções de proteção e prevenção na indústria petroquímica, consulte a nossa equipa de especialistas.