Aplicaciones Tecnológicas apresenta as suas ultimas publicações científicas no ILPS 2018 em Shenzhen (China)

Esta semana, de 23 a 26 de outubro de 2018, celebra-se na cidade chinesa Shenzhen a quarta edição do ILPS (International Lightning Protection Symposium), o simpósio internacional em matéria de proteção contra o raio, organizado pelo ILPA (International Lightning Protection Association).

O ILPS, evento que se organiza a cada dois anos, é um dos encontros mais importantes no âmbito da proteção contra o raio e realiza-se este ano pela primeira vez fora da Europa. Uma oportunidade para descobrir e conhecer em primeira mão os últimos avanços científicos e tecnológicos em matéria de proteção contra o raio.

Aplicaciones Tecnológicas participou em todas as edições do ILPS, e este ano faz também parte do simpósio celebrado na China com a apresentação de dois artigos.

Aplicaciones Tecnológicas apresenta as últimas publicações da sua equipa de investigadores no ILPS 2018

David Ruiz, Doutorado em Engenharia Elétrica e Responsável de Proteção Externa nas Aplicaciones Tecnológicas, apresentou no simpósio do ILPS Shenzhen 2018 dois papers que refletem algumas das últimas investigações realizadas pela equipa de I+D+I da empresa.

O primeiro intitulado Alarm Evaluation Methods for Thunderstorm Warning Systems (Métoddos de avaliação dos alarmes para Sistemas de alerta de trovoadas), propõem um método para avaliar os alarmes que emitem os detetores de trovoadas, concretamente os baseados na medida do campo eletrostático.

Aplicaciones Tecnológicas apresenta as últimas publicações da sua equipa de investigadores no ILPS 2018

O segundo paper apresentado intitula-se  A New and Unified Approach for Calculating the Protected Volume of Different Lightning Air Terminals. Electrostatic Contour- Rolling Sphere Method – EC-RSM (Um novo enfoque para o cálculo  do volume protegido por diferentes captadores de raio. Método da Esfera Rolante com Contorno Eletroestático). O documento fala das incongruências entre os diferentes métodos que se utilizam para posicionar os captores e propõem um novo ponto de vista, baseado nos resultados obtidos da simulação de campo eletrostático.