Apliweld Secure+: soldadura exotérmica com pastilhas e disparo remoto |Novos vídeos utilização com molde específico e molde múltiplo

Em Aplicaciones Tecnológicas estreámos dois novos vídeos de soldadura exotérmica Apliweld® Secure+ com a explicação de como utilizar os moldes específicos e os moldes múltiplos. Porém, antes de chegas à visualização dos vídeos, é conveniente conhecer os conceitos relacionados com este tipo de soldadura.

O que é uma soldadura exotérmica?

A soldadura exotérmica, também conhecida como soldadura aluminotérmica ou soldadura cuproaluminotérmica, é um processo que permite uma união ao nível molecular de condutores metálicos produzida por uma reação química de oxidação de alumínio.

O resultado da soldadura exotérmica é uma soldadura de fusão, onde os condutores solidamente ligados se convertem numa única peça que não se separa, ou seja, uma união inseparável de condutores. Neste sentido, uma soldadura exotérmica é melhor que uma união metálica, porque é uma união perfeita que permite conduzir melhor a eletricidade.

Trata-se de um processo muito eficiente, já que, partindo de um contributo mínimo de tensão, a própria reação gera a energia que requer o processo de soldadura aluminotérmica.

O processo de soldadura exotérmica destaca-se pela simplicidade do processo, no entanto, as cargas de diferentes gramagens, em pó, implicam algumas dificuldades de utilização. Graças ao esforço em inovação de Aplicaciones Tecnológicas, o sistema de soldadura Apliweld® com formato de cargas em pastilhas traz importantes melhoras, já que a sua utilização não se vê afetada pelo vento, humidade ou condições meteorológicas adversas, facilita o stock e reduz o risco de acidentes laborais.

Quando é indicada a soldadura exotérmica?

A soldadura exotérmica utiliza-se para realizar todas as conexões indicadas para uma rede de terras, o que implica uniões sobre tudo entre condutores de cobre, mesmo que também possa soldar diferentes metais (ferro fundido, aço, aço cobreado…) que requerem uniões que perdurem no tempo.

O resultado desta união molecular é perfeito, já que conseguimos que se conservem as mesmas propriedades, em termos de condutividade e resistência mecânica, que já tinha o próprio condutor.

Uniões soldadura exotérmica

Procedimento de soldadura exotérmica

O procedimento para realizar uma conexão exotérmica é simples. Graças ao dispositivo de disparo eletrónico Apliweld-E é até mais seguro, já que o operário se encontra longe da ignição e se evitam os riscos de queimaduras e projeções. O procedimento de soldadura Apliweld previne acidentes laborais.

Passos para realizar uma soldadura exotérmica Apliweld com disparo eletronico

  1. Limpar bem os condutores.
  2. Aquecer o molde para que perca a humidade na primeira soldadura de uma secção
  3. Colocar os condutores e fechar o molde corretamente.
  4. Colocar o número de pastilhas indicado no molde.
  5. o iniciador eletrónico e o equipamento de ignição
  6. Levar a cabo o disparo remoto da soldadura.
  7. o molde e ver o resultado. Limpar o oxido de alumínio em excesso.

Existem dois tipos de moldes de grafite para realizar uma soldadura exotérmica: os moldes específicos e o molde múltiplo.

Quando se deve utilizar um molde de grafite específico ou um molde múltiplo, em conexões exotérmicas?

Em linhas gerais, o molde de grafite específico é mais recomendável quando o tipo de uniões que se querem são sempre das mesmas medidas e características. Pelo contrário, recomenda-se um molde múltiplo quando se realizam diversos tipos de conexões, ou com diferentes dimensões de condutores. Não obstante, para mais detalhes sobre quando se recomenda utilizar um molde específico ou molde múltiplo recomendamos seguir o link.

 

O vídeo seguinte explica como realizar uma soldadura exotérmica com molde de grafite específico:

 

O vídeo seguinte explica como realizar uma soldadura exotérmica com molde de grafite múltiplo:

Também pode fazer uso da Procura de moldes para saber quais são os materiais necessários para cada soldadura quando se utilizam moldes específicos.

Vantagens da soldadura exotérmica Apliweld Secure+

A soldadura exotérmica apresenta muitas vantagens em relação às uniões mecânicas. Além disto, a soldadura Apliweld, devido ao seu sistema em pastilhas e de ignição eletrónico à distância, soma um grande número de vantagens adicionais, as mais importantes relacionadas com a prevenção de riscos laborais e a segurança os trabalhadores.

Vantagens de trabalhar com cargas em pastilhas em vez de pó

  • Os casquilhos de ignição Apliweld não são inflamáveis. Isto é uma clara vantagem na sua manipulação e no seu armazenamento. Eliminam-se os riscos de armazenar e trabalhar com carga em pó e disparo inflamável.
  • As cargas em pastilhas não se deterioram com o tempo, não são afetadas pela humidade nem ficam em blocos como acontece com as cargas em pó.
  • As cargas em pó requerem cerca de 10 referências distintas para cobrir todas as soldaduras que se podem realizar. As cargas em pastilha reduzem este número para uma, máximo duas, as referências necessárias para realizar todas as soldaduras que se utilizam em qualquer rede de terras.
  • Tem sempre disponível a referência que necessita, porque as uniões mais comuns utilizam apenas uma referência de pastilhas de composto de soldadura. A única coisa que varia é o número de pastilhas a utilizar, mas só necessita comprar e armazenar uma referência, o que evita problemas de stock e simplifica o armazenamento.
  • O vento não afeta a manipulação da carga. As cargas em pastilhas, ao serem compactas, não voam com o vento e podem apanhar-se de chão, caso caiam, evitando perdas.

O sistema Apliweld Secure+ reduz o risco de acidentes laborais

  • O iniciador eletrónico, com sistema de ignição à distância, evita que o operário que realiza a soldadura exotérmica se exponha aos riscos do disparo em pó, que se realiza aplicando uma faísca com um isqueiro diretamente no lugar da reação com elementos inflamáveis.
  • Previne o risco de queimadoras por projeção de materiais.
  • Evita o risco que supõe: transportar, manipular e armazenar material inflamável.

Resultado perfeito na soldadura exotérmica

Soldadura exotérmica Apliweld está conforme as normas e standards

A soldadura exotérmica Apliweld Secure+ esta certificada e testada de cordo com as seguintes normas e standards estabelecidos:

  • Testado por LOM demonstrando a nula inflamabilidade do sistema de pastilhas e disparo eletrónico.
  • Certificação UL467 para todas as conexões testadas em soldaduras exotérmicas.
  • Apliweld® Secure+ compre na integra com a Nota Técnica de Prevenção que emite o Instituto Nacional de Segurança e Trabalho (INSHT) de Espanha. Esta nota destaca o método de ignição eletrónica como a opção mais fiável para a prevenção de riscos laborais.

soldadura casquilhos de ignicao Apliweld

 

Se necessitar de mais informações, por favor entre em contato conosco.