As trovoadas eléctricas continuam a causar  importantes danos pessoais e económicos

Se não existe protecção contra o raio, ou se esta é incorrecta, os raios podem causar grandes percas económicas, desastres ecológicos e vitimas mortais.

A globalização, a facilidade de acesso á informação e o uso generalizado dos meios de comunicação fazem que nos chegue actualmente mais detalhes de casos em que as descargas de raios provocaram danos tanto pessoais como económicos. Nos últimos meses temos conhecimento do falecimento de pessoas devido aos efeitos de raios quando realizavam actividades ao ar livre como pescar ou jogar futebol. Também de importantes acidentes em indústrias, como os casos de incêndio em campos petrolíferos na Venezuela. O raio é também um dos principais causadores dos incêndios florestais, e que se aponta como causa possível do grande incêndio deste ano no parque natural de YOSEMITE (USA).

Os raios sempre foram um dos fenómenos naturais mais perigosos e não se deve menosprezar o seu risco nem escamotear precauções. A protecção externa de estruturas previne incêndios e danos físicos, porem também se devem proteger as linhas para evitar que as correntes do raio entrem na estrutura, alcançando os equipamentos e inclusive as pessoas. Em muitas ocasiões, como nos bosques ou muitas actividades ao ar livre, só a detecção de trovoadas e a tomada de medidas adequadas podem evitar danos irreparáveis.

Para mais informação sobre protecção pessoal em caso de trovoada clique aqui.