Os ‘raios latentes’ causam incêndios que poderiam ser evitados com os detetores de trovoadas ATFLASH sensor e ATSTORMv2

Os ‘raios latentes’ podem causar grandes incendios florestais incluindo días depois das trovoadas

Em ocasiões em que um raio atinge uma árvore, pode ocorrer que a corrente cause um aumento da temperatura elevado no seu interior, com a humidade ou por falta de oxigénio a arvore não arda de imediato. Pode provocar uma combustão lenta no interior o unas raízes que, ao diminuir a humidade ou ao chegar ao ar libre, horas ou dias depois, produza uma chama que cause um incêndio, chegando a queimar hectares de floresta.

A única forma de detetar com tempo suficiente estes raios latente são os sensores de infravermelhos, que detetam aumentos localizados de temperatura. A instalação de detetores de tempestade como o ATSTORMv2 e o ATFLASH sensor, podem colaborar na busca de maneira preventiva, indicando as zonas em que se pode dar este fenómeno. Ambos os detetores têm capacidade de comunicar os seus alarmes através de um transmissor visível de forma remota.

Descarregue aqui mais informação sobre o sensor ATFLASH e ATSTORMv2